CIDADANIA

Visitas em presídios são retomadas em Alagoas
Parentes de presos voltam a ter acesso ao sistema prisional a partir de sábado (1), seguindo cronograma por unidade prisional; feiras podem ser entregues novamente a partir de segunda (3)


Parentes de presos precisam seguir protocolo para entrar no sistema prisional de Alagoas — Foto: Ascom/ Seris

A Secretaria da Ressocialização e Inclusão Social (Seris) informou que vai retomar as visitas de parentes aos presos do sistema prisional a partir de sábado (1), das 9h às 13h. Já as feiras poderão ser entregues pelos familiares a partir de segunda-feira (3). A portaria com o cronograma completo do mês de maio será publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) desta sexta (30).

As visitas e entrega de feiras estavam suspensas desde o dia 8 de março, após o governo do estado publicar decreto da fase vermelha. Entre as restrições também estavam o atendimento presencial de advogados e atividades religiosas e educacionais.

Medidas sanitárias reforçadas

A Gerência de Saúde da Seris informou que vai reforçar as medidas de prevenção à Covid-19. Todos os visitantes devem:

Passar pela barreira sanitária montada na portaria de acesso ao sistema prisional
Levar os alimentos pré-higienizados
Usar máscaras de proteção
Manter o distanciamento mínimo de 1,5m (um metro e meio) entre as pessoas, quando da entrega nas unidades

Será permitida apenas uma visita ao mês, limitada a uma pessoa por preso. O visitante não pode ter menos de 18 ou mais de 60 anos de idade, tendo seu acesso liberado somente após a aferição da temperatura corporal e a higienização das mãos com água e sabão ou álcool 70%.

Gestantes, pessoas que apresentem qualquer sintoma de síndrome gripal (dificuldade de respirar, fadiga, diarréia, entre outros), obesos, puérperas (até 15 dias após o parto) e pessoas acometidas por doenças crônicas ou respiratórias (pressão alta, diabetes, tuberculose, doença cardíaca, doença renal, câncer, lúpus, entre outras), não podem visitar os presos.

Os familiares devem atentar também para os demais procedimentos exigidos, a exemplo de vestimenta adequada e da quantidade permitida de cada grupo alimentar. Essas normas foram publicadas em uma portaria de junho de 2020.

 


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM